ass

ass

domingo, 10 de junho de 2018

Torcedor brasileiro ganha guia consular com orientações para a Copa da Rússia

Documentos exigidos, costumes locais, serviços bancários e de câmbio, contatos para situações de emergência, tradução de palavras e frases úteis em russo. Essas são algumas das informações que constam no Guia Consular do Torcedor Brasileiro para a Copa do Mundo Rússia 2018, lançado nesta quinta-feira (07.06) pelo Governo Federal, por meio dos Ministérios das Relações Exteriores e do Esporte.

"O lançamento desse guia tem um antecedente, que foi feito durante a Copa da África do Sul. De lá para cá, nós estudamos a experiência, avaliamos e procuramos aprimorá-la. Essa é uma inovação para a Copa do Mundo da Rússia", declarou o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, em evento realizado no Palácio Itamaraty.

O chefe da pasta destacou ainda o aumento do número de brasileiros que estará no país ao longo do Mundial, que tem início já no próximo dia 14.
"Teremos um número muito maior de brasileiros do que aquele que geralmente visita a Rússia. Cerca de 60 mil já compraram ingresso. Isso significa muito ao nosso serviço consular, que presta atendimento aos brasileiros no exterior", afirmou.

O Brasil é o terceiro país que mais comprou ingressos para a Copa do Mundo, que será realizada em 11 cidades russas. Para atender à maior demanda, foram criados novos postos de atendimento. O guia do torcedor, elaborado ainda com a contribuição da Embaixada do Brasil em Moscou, traz os dados dos seis escritórios de assistência consular que auxiliarão os brasileiros em Moscou, São Petersburgo, Sochi, Rostov, Samara e Kazan.

"Para o torcedor brasileiro, a cartilha é uma segurança maior, e a ampliação dos postos consulares na Rússia vai dar conforto e segurança. Estaremos prontos para tudo e, se Deus quiser, vamos no máximo emitir alguns passaportes de segunda via, como o maior problema que os brasileiros terão no exterior. O Itamaraty e o Ministério do Esporte estão prontos para dar toda a assistência aos brasileiros durante a Copa do Mundo", afirmou o ministro do Esporte, Leandro Cruz, acrescentando que o Brasil e a Argentina também terão um consulado conjunto na Rússia durante o torneio. "A construção desse consulado conjunto vai ser muito importante como uma demonstração aos dois povos da forma como nós enxergamos essa convivência pacífica e harmoniosa", ressaltou.

De acordo com a embaixadora Maria Luiza Ribeiro, diretora do Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior, a quantidade de torcedores brasileiros presentes na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, era de menos de 20 mil. Ainda assim, os postos lidaram com problemas de diversas naturezas, como perda de passaportes, documentos e objetos pessoais; assistência em delegacia policial; apoio para marcação de consulta médica; acompanhamento de processos contra brasileiros por venda irregular de ingressos; auxílio para remarcação de bilhetes aéreos em situação de emergência; liberação de brasileiros envolvidos em pequenos incidentes; e encaminhamento de denúncias de brasileiros.

Maria Luiza destacou ainda que a cartilha também será útil para auxiliar os brasileiros em relação a diferentes costumes e comportamentos adequados. "O mais importante que queremos passar aos brasileiros é o respeito às leis locais. Para isso, é preciso conhecê-las. Alguns aspectos da legislação russa são muito diferentes da brasileira", explicou.

 A ingestão de bebidas alcoólicas nas ruas ou espaços públicos, por exemplo, é considerada infração punível com multa. Há normas específicas também para fumo, direção e manifestações de afeto em público, além do comportamento dos torcedores nos estádios de futebol.

O evento no Itamaraty contou ainda com a presença do secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, do Ministério do Esporte, André Luís Argôlo. O guia está disponível nos sites dos dois ministérios para download e impressão (www.esporte.gov.br e www.itamaraty.gov.br). Três mil exemplares físicos também serão distribuídos na Embaixada do Brasil em Moscou, no Consulado do Brasil em São Petersburgo e nos demais escritórios consulares brasileiros na Rússia.

Fonte : Ana Cláudia Felizola – Ministério do Esporte

Nenhum comentário :

Postar um comentário